Skip to content

Aos defensores de Weverton Rocha

A coluna de Aldeman Costa, na edição de hoje do jornal “O Progresso”, diário de Imperatriz, traz uma nota informando que o presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, Hamilton Miranda (PSDB), contestara, na sessão de ontem, a veracidade do que escrevi sobre a reunião do candidato a deputado federal Weverton Rocha ao Cortume Tocantins. (vide post anterior).

Sob o título “Presidente rechaça”, o colunista diz que “O vereador-presidente Hamilton Miranda, aliado do candidato a deputado federal Weverton Rocha, rechaçou ontem, da tribuna da Câmara Municipal, comentários produzidos no blog do jornalista Adalberto Franklin. ‘Ele (Adalberto) deveria ter pelo menos ligado ou consultado a Assessoria de Comunicação de Weverton Rocha, bem como ter feito uma visita ao curtume lá de Governador Edison Lobão’, disse.”

Um site local que reproduz o discurso do vereador-presidente da CMI, registra que em seu discurso ele afirmou: “Eu convidei Weverton para irmos até o Curtume Tocantins, para que ele pudesse conhecer a realidade de uma indústria que cresce na região”. E que, em aparte, o também vereador Alberto Sousa “Quem lê o blogue pensa se tratar de outro Weverton, pois o que nós conhecemos é uma pessoa simples, honesta e trabalhadora, o escritor devia ter ligado para Weverton em vez de acreditar na primeira denúncia que aparece”. O vereador Raimundo Costa também teria se pronunciado em defesa de Weverton.

Na quarta-feira, eu estava em São Luís. E, para minha surpresa (e estranheza), lá vi que o Jornal Pequeno, que é ligado ao PDT, partido de Weverton, reproduziu o meu texto inicial, sem comentários. De lá também respondi a diversos comentários que recebi no blog sobre o essa questão. Leitores de Imperatriz e de São Luís. Publiquei, todos, sem qualquer censura, como sempre faço. Dos que não conhecia, busquei informações sobre quem era. Constatei que todos os que defenderam Weverton são pessoas que estão a seu serviço na campanha eleitoral.

Como a questão é mesmo delicada, diversos outros “blogueiros” fizeram referência ao meu texto (alguns até o reproduziram), uns até fizeram “link” para ele. Houve quem fizesse defesa do candidato, quem apenas desse a informação, e também quem reforçasse a denúncia.

Todas essas manifestações, considero-as em conformidade com a liberdade de expressão que deve haver num país como o nosso, que busca a democracia plena, conforme projeta nossa Constituição, embora esse espírito ainda não esteja plenamente assumido pela sociedade.

Tanto o vereador Hamilton Miranda, presidente da Câmara de Imperatriz, quanto os vereadores Alberto Sousa e Raimundo Costa (senti falta da defesa do Chagão do PT, que até poucos dias atrás também estava na defesa dessa candidatura), são cabos-eleitorais de Weverton (e segundo de informam, Miranda é um dos coordenadores de sua campanha na região). Vários jornalistas e blogueiros, de Imperatriz e de outros cantos do Maranhão, recebem remuneração do candidato. Fazem, portanto, defesa em causa própria. E não os condeno por isso. Cada um escolhe seu lado político e ideológico; e também seus aliados. Como já disse antes, na vida não existe isenção nem imparcialidade; todos temos as nossas preferências. Vergonhoso é negar isso, tentando se esconder ou se camuflar com um inexistente manto do desinteresse.

Quando faltam argumentos para rebater a informação, utilizam-se do velho hábito de tentar  desqualificar o informante. Assim o fez um blogueiro de São Luís que, sem sequer saber quem sou, e muito menos minha história, escreveu que eu seria um “roseanista” tentando manchar a imagem de Weverton. Coitado! Sequer se deu ao trabalho de verificar quantos textos tenho escrito sobre os políticos e a política dos Sarney, muitos deles disponíveis na Internet. E desconhece também minha militância política e social, nesse mesmo sentido, há mais de trinta anos. Bem que ele e outros poderiam ter informações seguras sobre minha pessoa, até mesmo dentro do PDT. Mas eles são novatos, e afobados. Ou melhor, afoitos.

Tenho todo o cuidado no que escrevo e no que digo. Verifico a idoneidade de cada fonte; confiro cada informação; escolho cada palavra. Nestes dois dias, várias pessoas me telefonaram, dando-me informações que desconsiderei (pelo menos por enquanto), pois só escrevo o que posso sustentar em Juízo. Dessa forma, desde 1983, quando iniciei-me na imprensa, nunca alguém conseguiu ter sucesso em processos contra mim. Até que já tentaram…

Quanto à lamentação do presidente da Câmara Municipal de Imperatriz e do vereador Alberto Sousa por eu não ter, antes de publicar meu texto, conversado com a assessoria ou com o próprio Weverton Rocha, reafirmo que minhas fontes já eram seguras e suficientes. E não tenho hábito, como jornalista, de me submeter a “vontades” ou “argumentos” que sei não correspondem aos fatos. Eles têm, na verdade, de apresentar suas versões, que seus defensores apresentaram em meu blog e eu as publiquei. Mas, para mim, fatos são fatos; versões são versões. E até estranho essa preocupação de Alberto Sousa, que diariamente expõe e adjetiva pessoas pobres e marginalizadas em seu programa e TV sem qualquer preocupação ética e, por vezes, sem sequer resguardar seus direitos individuais.

Quanto ao fato da idoneidade do Curtume Tocantins, é de conhecimento público as diversas autuações que a empresa teve por agressão ao meio ambiente. Mas talvez fosse desconhecido da maioria o desrespeito que ela as outras fazem em relação aos direitos dos trabalhadores. Quem duvidar, basta viajar trinta quilômetros e, chegando à cidade de Governador Edison Lobão, conversa com qualquer uma pessoa adulta ou de são consciência. Lá, todos sabem. Serão ouvidos fatos que assustam.

Mas quem não quiser se dar a esse trabalho, in loco, basta fazer uma verificação na internet. Depois de receber inúmeras denúncias, a procuradora do Trabalho em Imperatriz, Tatiana Leal Bivar Simonetti, presidiu, no dia 28 de abril de 2009, o Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta n. 72/2009 (Processo 10.207), entre o Curtume Tocantins e o Ministério Público do Trabalho, assinado exatamento pelo Sr. Ely Puente Santos Filho. Ele mesmo. O endereço para acesso é: http://www.prt16.mpt.gov.br/sistema_tacs/grid/grid.php.

E sobre a lisura do  “filho de Imperatriz, um jovem competente e capacitado para nos representar na Câmara Federal”, remeto-os à seguinte notícia do insuspeito blog do Itevaldo, que diz:  “A SCC Ltda e as empresas Plenus Construções e Serviços Ltda e a Structura Serviços Ltda são identificadas pela auditoria da CGE [Controladoria Geral do Estado] como as principais beneficiárias dos esquemas de fraude nas reformas de quadras poliesportivas e campos de futebol pagos sem licitação pelo ex-secretário Weverton Rocha”. (Blog do Itevaldo).

Minha intenção, porém, em nenhum momento, foi tratar da idoneidade de Weverton, pois todas as denúncias contra ele ainda estão em processos não julgados (a não ser esse da CGE, creio), e caberá à Justiça medir seu grau de culpa em cada um, ou mesmo absolvê-lo, quem sabe…

Meu tema principal, aqui, foi e continua sendo a questão do sindicato dos trabalhadores em empresas de curtume de Governador Edison Lobão. E sobre isso escreverei mais, porque, na tarde desta quinta-feira (19), houve uma reunião a portas fechadas entre os vereadores daquele município e representantes das cinco empresas de curtume para tratarem exclusivamente desse assunto.

6 Comments

  1. André Santos wrote:

    Parabéns, Adalberto, pela firmeza e consistência do texto. Isso eleva a qualidade da produção dos blogs em Imperatriz…

    quinta-feira, agosto 19, 2010 at 18:44 | Permalink
  2. júnior wrote:

    Parabéns! E preciso dizer as verdades sobre esse sujeito. Esses nossos edis da câmara municipal são uns vendidos…Mas isso e pra a população de Itz aprender votar. Essa câmara só tem analfabeto, por isso são todos faceis de se corromper.

    quinta-feira, agosto 19, 2010 at 20:45 | Permalink
  3. É isso aí Adalberto, conheço esse rapaz desde 1997 quando eramos militantes do movimento estudantil secundarista ainda. Sei de suas práticas ao longo de sua vida política. O Ministério Público o acompanha desde os tempos da UMES de São Luís. Um dia a casa cai pra esse rapaz. Ele quer um mandato federal exatamente pra continuar comentendo os erros e ter imunidade para tal.

    Pena que esses vereadores são uns vendidos.

    sexta-feira, agosto 20, 2010 at 10:02 | Permalink
  4. O Sr. Adalberto Francklin, é uma pessoa idônea, correta, honesta e habilitado para falar o que ele falou. O pretenso candidato deveria defender os trabalhadores do curtume que estão sofrendo muito com a displicência em relação aos equipamentos de segurança dos trabalhadores. Se a dita empresa fosse boa e correta, não precisava o ministério do Trabalho ir lá e multá-la pelo descumprimento da legislação trabalhista. Você está certíssimo Adalberto, quanto aos vereadores, blogueiros, “jornalistas”, dentre outros… a consciências deles tem a resposta!!!

    sexta-feira, agosto 20, 2010 at 15:33 | Permalink
  5. Marcelo Lira wrote:

    Parabens.
    Se todos os blogs de Imperatriz fossem sérios como o seu a qualidade da informação disponível na WEB se elevaria muito. Já cheguei a ler em blogs de Imperatriz, pseudo-jornalistas-fotográficos apoiarem ações bárbaras e anti-democráticas contra escritores e seus livros em nossa cidade.

    sábado, agosto 21, 2010 at 15:21 | Permalink
  6. Denis Paiva wrote:

    Olá Adalberto, meu nome é Denis Paiva e moro em São Paulo. Por ironia do destino estava fuçando e minhas bagunças pessoais e encontrei uma agenda onde contia o nome do Sr. Eli Puente .
    Como fui funcionário dele em Campo Grande entre 2000 a 2001 em um Curtume, posso lhe dizer que sei como funciona essas empresas. A maioria são exploradoras, escravistas e envolvidas em diversos processos por danos causados a natureza, e ao próprio ser humano (funcionários).
    Não o conheço mas desde já parabenizo pela excelente matéria e pela defesa do cidadão maranhense, que são pessoas sofridas devido ao caos que os políticos de má fé (muitos deles) fazem, mas se esquecem que foi aquele pobre coitado que o elegeu.
    Continue assim firme e forte e de agora em diante irei acompanhar pela internet seu trabalho.

    terça-feira, janeiro 25, 2011 at 22:03 | Permalink

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *
*
*

http://ajleeonline.com/