Skip to content

Livros resgatam obra dos maranhenses Francisco Colás e Artur Azevedo

Os livros Músicas e músicos em São Luís: subsídios para uma história da música do Maranhão e Texto e contexto: a comédia musical ‘Vespéra de Reis’ de Francisco Libânio Colás, ambos de autoria do professor doutor João Berchmans de Carvalho Sobrinho, publicados pela Ética Editora (Imperatriz, MA), serão lançados no dia 25 de novembro, no Cine-Teatro da UFPI (Vivenda Marathaoan, BR-343, Km 12, Povoado Lagoinha, Teresina – PI), em evento musical especialmente organizado para esse fim: a Orquestra da Universidade Federal do Piauí, sob a regência de Cássio Henrique Martins e preparação vocal de Deborah Moraes, apresentará a comédia musical “Véspera de Reis”, do compositor maranhense Francisco Libânio Colás (São Luís, 1830 – Recife, 1885); na segunda parte do programa, será apresentado o “Glória da Missa N. 1”, do mesmo autor, com a participação do Coral Laetitia et Spes, da Faculdade Camillo Filho, e com preparação vocal do regente Fernando Ferreira. Essas duas obras foram objeto de pesquisa desenvolvida pelo Núcleo de Pesquisa em Música (NUPEMUS), do Departamento de Música e Artes Visuais da UFPI, coordenado pelo professor Berchmans, através do Edital Universal do MCT/CNPq.
Revela o professor Berchmans que “O interesse por essa pesquisa foi motivado pela localização da obra Vésperas de Reis na Lapinha, representada pela primeira vez no Teatro São João da Bahia, em 15 de julho de 1875. Trata-se de uma comédia musical em um ato sobre texto do dramaturgo maranhense Arthur Azevedo, com a partitura musical composta por Libânio Colás”. “O manuscrito que tomei por base para a realização da edição musical é uma fotocópia existente na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, Seção de Música, datado de 1882, pertencente a P. da Silveira, cujo original até este momento não foi localizado”.
Francisco Libânio Colás foi compositor, regente, violinista, trompetista, flautista e arranjador, nascido em São Luís (MA), provavelmente em 1830, filho do empresário teatral, clarinetista e mestre de capela Francisco Antônio Colás, conhecido como “Chico da Música”, e de Jerônima Maria Colás. Teve como irmãos, também músicos, o “exímio trompetista” Carlos Antônio Colás e o flautista e clarinetista Ezequiel Antônio Colás.
Em 1847, ainda na juventude, atuava em São Luís como profissional do “Cornet à piston” e como rabequista requisitado entre os profissionais da capital maranhense. Posteriormente, mudou-se para Recife, onde passou a atuar como regente do Clube Carlos Gomes e violinista de um conjunto de câmara, além de compositor de música para o teatro e música religiosa.
A Vésperas de Reis é uma comédia de costumes posta em música, ou teatro musicado, com o texto de autoria do teatrólogo maranhense Artur Azevedo, composta no ano de 1875 e escrita para solistas e orquestra, estruturada em um ato e seis cenas contrastantes.
Véspera de Reis será apresentada com a montagem cênica completa (texto teatral, cenários e orquestração).

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *
*
*

http://ajleeonline.com/