Skip to content

HISTÓRIA DE IMPERATRIZ – Livros para download

Em face do concurso público promovido pela Prefeitura de Imperatriz, a ser realizado no final do mês de abril próximo, tenho sido procurado diariamente por pessoas com interesse em adquirir meus livros sobre história de Imperatriz.
Os mais recentes livros de história de Imperatriz são de minha autoria: “Breve história de Imperatriz”, de 2005 (101 páginas), e “Apontamentos e fontes para a história econômica de Imperatriz”, de 2008 (242 páginas). Percebo, porém, que nem todos podem comprar, principalmente os menos favorecidos financeiramente e os que, desempregados, estão buscando um emprego estável.
Diante disso, e porque os autores, nestas terras de baixos índices de leitura e quase nenhuma biblioteca pública (e a falta de livros como esses nas bibliotecas públicas existentes), decidi distribuir gratuitamente esses dois livros citados, em formato digital (PDF), para esses e outros interessados.
Essas são duas obras que se colocam entre as mais vendidas em Imperatriz nos últimos anos, pelo ineditismo de muitas informações tanto históricas quanto econômicas, sociais e culturais da cidade.
Acrescento, ainda, uma palestra sobre o povoamento dos sertões do sul do Maranhão e um artigo atualizado sobre a História de Imperatriz.

Aos que desejarem, porém, adquirir os livros em papel, podem ser encontrados na Ética Editora (Rua Godofredo Viana, 635 – Centro, tel.: 3524-7677, e-mail: eticaeditora@gmail.com).

História Econômica de Imperatriz (livro)
AF_Hist Econ Imperatriz_livro

Breve historia de Imperatriz (livro)
Breve historia de Imperatriz

História de Imperatriz (palestra)
Hist_Imperatriz_palestra -mar2012

Imperatriz de vila a metropole regional (artigo)
Imperatriz de vila a metropole regional

9 Comments

  1. Raylson Lima wrote:

    OLá!
    Agradeço pela sua conciência de que nossa cidade necessita ler suas obras. Pena que estão fazendo isto apenas pela obrigado, mas já é um bom começo. Preciso ler “Breve História de Imperatriz” e “História Econômica de Imperatriz” tinha todos os dois, mas em um dos emprestimos eles nunca mais voltaram.

    quinta-feira, março 22, 2012 at 23:30 | Permalink
  2. Elaine VB wrote:

    Baixei todos os arquivos e quero parabenizá-lo por tamanha riqueza que suas pesquisas são. Obrigada por nos ajudar a conhecer mais sobre a nossa terra! Um abraço! Elaine VB.

    sexta-feira, março 23, 2012 at 00:05 | Permalink
  3. Marcos Aurélio wrote:

    É de grande importância para a sociedade imperatrizense conhecer a historia de sua sociedade, suas evoluções e fatos marcantes. Através destes livros e publicações podemos conhecer mais sobre nosso passado, nossa gente e como já disse, sobre nosso povo. Que o governo valorize nossos escritores, que para escrever ou falara sobre nossa cidade pesquisaram e focaram em obter o maximo de conteúdo para que hoje venhamos a conhecer melhor a nossa gente.
    Obrigado.

    terça-feira, março 27, 2012 at 10:10 | Permalink
  4. CLÁUDIA wrote:

    Quero deixar registrado aqui, a minha admiração pelo belo trabalho do nosso professor Adalberto Franklin, ele na verdade ama Imperatriz e sua história, pois tem se dedicado a ela, está estampado no seu rosto, o amor que ele tem por esta cidade.

    PARABÉNS, PROFESSOR!!!

    quinta-feira, março 29, 2012 at 15:09 | Permalink
  5. Wilker wrote:

    Parabéns pelo gesto de bondade …

    segunda-feira, abril 2, 2012 at 04:24 | Permalink
  6. arão lopes wrote:

    parabens adalberto

    segunda-feira, abril 2, 2012 at 13:53 | Permalink
  7. Marilan wrote:

    Professor, o gabarito do ensino médio após recursos(do concurso da prefeitura de Imperatriz) fez correção em relação à pergunta da década em que o sul maranhense conheceu a estrada e o caminhão. Explique, por favor, por que isso ocorreu na década de 1950 e não em 1930, como diz sua obra “História Econômica de Imperatriz”.

    domingo, maio 27, 2012 at 12:10 | Permalink
  8. adalberto wrote:

    Marilan, parece que você não leu o meu livro.
    Em nenhum lugar ele cita a década em que “o sul do Maranhão” conheceu “a estrada e o caminhão”. Sobre essa temática, meu livro “Apontamentos e fontes para a história econômia de Imperatriz” trata apenas de IMPERATRIZ (sudoeste do Maranhão), e não do SUL DO MARANHÃO. Geograficamente, Imperatriz nem pertence ao “Sul do Maranhão”, e sim ao SUDOESTE.
    E se a prova pergunta sobre o SUL DO MARANHÃO, a pergunta não trata, então, propriamente, da História de Imperatriz. Fiz essa observação a algumas pessoas que também questionaram essa questão e encaminharam recursos.
    O fato, como diz o meu livro, é que Imperatriz era uma cidade isolada e sem estradas até o ano de 1953, quando o prefeito Simplício Moreira construiu uma estrada até Amarante, que por sua vez a ligava até Grajaú. Somente aí Imperatriz teve seu primeiro veículo, um caminhão comprado pela Prefeitura. Por isso, euutilizo, nesse livro, numa frase, que em Imperatriz o avião chegou antes do caminhão (ainda na década de 1930, Imperatriz ganhou um aeroporto para a rota do Correio Aéreo Militar, depois Correio Aéreo Nacional, e em 1939 os hidroaviões comerciais da Condor).
    Dessa forma, se a pergunta da prova foi em relação ao Sul do Maranhão, a resposta não diz respeito especificamente a Imperatriz, e sim a qualquer cidades do “sul do Maranhão”. Deve-se observar que antes de Imperatriz, Grajaú, Carolina e Balsas tinham caminhões circulando. Se a pergunta se referisse a Imperatriz, então a década teria que ser a de 1950. E se a banca do concurso, mesmo solicitando a resposta em relação ao “sul do Maranhão”, apresentar como correta a opção da década de 1950, estará dando uma resposta errada.
    Sugiro que você leia o meu livro atentamente e também confira o livro “Simplício Moreira: precursor do desenvolvimento de Imperatriz”, de Zequinha Moreira (Ética, 1997), filha de Simplício Moreira, onde há data, mapa da estrada e até a foto desse caminhão.

    Adalberto Franklin

    segunda-feira, maio 28, 2012 at 23:31 | Permalink
  9. Jailson Sousa wrote:

    Parabéns pela iniciativa.
    Generosidade e dedicação são traços marcantes da tua pessoa. Parabéns pelas contribuições ao conhecimento sobre a realidade de nossa cidade e da região.

    domingo, agosto 5, 2012 at 17:38 | Permalink

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *
*
*

http://ajleeonline.com/